Olá, mundo!

Publicado em 10.09.2022 por Elias de Oliveira ‐ 3 min. de leitura

Olá, este é a primeira postagem do blog, ou melhor, um texto de boas vindas e uma apresentação pessoal.

Sou Elias, 38 anos, casado, tenho um filho maravilhoso. Prazer…

Mais de uma década depois que tive as primeiras ideias de escrever um post num blog pessoal, resolvi colocar em prática e simplesmente começar algo que eu possa criar as minhas postagens sobre dicas de desenvolvimento de software e designer digital e, com isso, espero que eu consiga colaborar com a comunidade de alguma maneira e aprender ainda mais.

E a pergunta de um milhão…

E por que resolvi escrever?

Venho estudando desenvolvimento de software há, pelo menos 15 anos e atuando como desenvolvedor nos últimos 10 anos. Então, são anos consumindo conteúdo e os transformando conhecimento.

Sempre gostei de leitura técnica e sou apaixonado por tecnologia, inovação e desenvolvimento de aplicações web e mobile. Acredito que a minha primeira linha de código em JavaScript foi no ano de 1999, onde o professor me disse que eu deveria focar a minha atenção nesse mercado em crescimento. E aqui estou! No mercado de tecnologia que não para de crescer e trabalhando como Analista de Sistemas Sênior numa grande empresa do segmento de saúde privada.

Já trabalhei alguns anos como Analista de Suporte de Infraestrutura e Coordenador de Tecnologia da Informação. E antes disso tudo, trabalhei como freelancer, dando aulas de Designer Gráfico e criando websites para várias empresas com HTML, CSS, JavaScript e Adobe Flash. Sim, Flash era bastante popular nos anos 2000… aprendi muito nessa época e com toda a certeza foram os melhores… como eu já tinha um domínio do CorelDraw, aprender qualquer outra ferramenta gráfica era muito mais simples e criar hotsites bem elaborados, com sons de background, animações diferenciadas com Adobe Flash era o que tinhamos de mais moderno… fiz até um joguinho simples para celular com Flash rsrsrs. E por fim, Steve Jobs matou o Adobe Flash.

Estou procurando um lugar que necessite de muitas reformas e consertos, mas que tenha fundações sólidas. Estou disposto a demolir paredes, construir pontes e acender fogueiras. Tenho uma grande experiência, um monte de energia, um pouco dessa coisa de ‘visão’ e não tenho medo de começar do zero. — Currículo de Steve Jobs

Chegou a hora de compartilhar conteúdo, dicas e afins e externalizar a minha paixão, ao invés de ficar consumindo conteúdo e guardando conhecimento.

Faça das horas vagas um tempo nobre, dedicado ao exercício de questões pessoais e boas ideias. — Fabio Lopez

E vamos lá! Fique tranquilo(a) a minha ideia não é ser um coach motivacional e espero aprender muito e “quebrar algumas amarras pessoais” e com isso compartilhar experiências.

Um grande abraço.

Categorias: Pessoal